Como identificar uma assinatura falsa com a grafoscopia?

Como identificar uma assinatura falsa com a grafoscopia?

Você sabe o que é a técnica da grafoscopia ou o que essa ciência estuda? Aprenda sobre o assunto e saiba como identificar uma assinatura falsa com a grafoscopia.

Isso acontece também na vida real, principalmente em documentos que cedem bens e coisas do gênero e, por isso, é importante saber o que são os peritos em assinatura na grafoscopia.

O que é grasfoscopia

A Grafoscopia, também chamada de grafotecnia, é uma técnica usada para analisar e verificar a autenticidade de um documento.

Essa técnica começou a ser fortemente utilizada no século XX, pois perceberam que muitos documentos eram falsificados facilmente, já que não havia um estudo muito aprofundado em relação às assinaturas.

Os estudos provaram que cada indivíduo é único e que seu cérebro funciona diferentemente de todos os outros, passando essas características para tudo na nossa vida, mesmo que seja imperceptível (como a nossa escrita).

Falsificar uma assinatura pode parecer fácil, mas, acredite, a escrita esconde muito mais segredos do que podemos imaginar.

A grafoscopia estuda a forma, velocidade, pressão, o modo como pontuamos os “is” e cada detalhe. É possível imitar visualmente uma assinatura, mas ir além disso é muito mais difícil.

Nossa escrita é tão sensível que existe até uma área de estudo dentro da grafoscopia, chamada grafopatologia, que estuda as variações da escrita quando estamos doentes. Incrível, não?

Como identificar uma assinatura falsa com a grafoscopia

A Grafoscopia trabalha com uma série de técnicas para averiguar a validade do documento ou assinatura.

Existem três classes de características que são avaliadas no estudo: características genéticas, características genéricas e elementos da grafia.

As características genéticas são próprias do indivíduo. Essa parte da grafoscopia estuda variáveis como: pressão, progressão, como é feita a trajetória do punho, como o autor coloca e tira o cursor do papel, etc.

As características genéricas estão mais ligadas com a forma da escrita. A grafotécnica analisa: o espaçamento entre as palavras, a distância em relação às linhas (se é centralizado ou não), proporcionalidade, etc.

Os elementos de grafia são os traços complementares, como a nossa maneira de passar o traço para cortar a letra T ou como fazemos a cedilha no Ç.

Muitas vezes, ao batermos o olho em uma assinatura vemos uma perfeita imitação, mas os fatores (principalmente os genéticos) são difíceis de imitar. Mesmo que o falsificador seja um expert no assunto.

Qual a importância do perito em assinatura

Como já explicamos, a grafoscopia é uma técnica elabora, cheia de metodologias e uma pessoa que não é especialista no assunto não possui a capacidade técnica de avaliar a validade de um documento sob suspeita.

Por isso existem os peritos em assinatura, profissionais especializados em grafoscopia que conseguem descobrir a autenticidade dos documentos, mesmo que a falsificação tenha sido feita por um expert.

Conheça algumas atribuições da pericia grafotécnica:

  • Análise de assinaturas.
  • Verificação de documentos falsos.
  • Recuperação da escrita/assinatura em documentos danificados (queimados, molhados, etc.).
  • Recuperação da escrita/assinatura propositalmente encoberta (rabiscadas com tintas ou com líquido corretor).
  • Análise da situação do autor do documento (se ele estava em seu perfeito estado na hora da elaboração, e não sobre efeito de drogas ou tensões por coasão).
  • Determinação da data do documento.

Caso você necessite de algum serviço dos citados acima, além de outros da área, busque por profissionais experientes do ramo.

Deixe uma resposta

Fechar Menu